Rua Luz, 56, Serra em Belo Horizonte/MG

 (31) 99851-9268 

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Atendimento por agendamento!

Estilo de Decorações

Tradicional

O estilo Tradicional é atemporal e, embora não requeira peças antigas, o ambiente que proporciona transporta-nos para a elegância e grandiosidade que enchia as casas nos séculos XVIII E XIX. A peça chave deste estilo é a mobília. A paleta de cores é branca, no entanto é tradição juntar cores como verde, azul, peças douradas, prateadas e em cristal. Para um estilo Tradicional mais contemporâneo, podemos utilizar cores mais suaves. Nas mesas o brilho do cristal, prataria e porcelanas dividem espaço com arranjos altos, composições com flores como a rosa e velas são comumente utilizadas. Tudo muito chic e sofisticado.

Enquanto as texturas e tecidos devem complementar-se ao invés de combinarem na perfeição, os elementos decorativos devem ser minimizados, uma vez que as peças de grande porte são, por si só, já bastante elaboradas.

Este estilo é ideal para noivas mais conservadoras.

Contemporâneo/ Moderno

Estes estilos surgiram a partir de tendências da segunda metade do século XX até a atualidade. Os espaços são caracterizados por ambientes simples, diretos e muito clean. Ambos os estilos vivem o “aqui e agora”.

O estilo Moderno baseia-se em materiais novos, recorre as formas geométricas e mobília minimalista, orgânica e até futurista. As cores utilizadas são normalmente claras, privilegia a forma e a impressão artística em detrimento da funcionalidade, relegando também as texturas para o segundo plano.

O estilo Contemporâneo por sua vez utiliza muita cor e textura, arte e elementos neutros, embora as suas linhas sejam ainda mais suaves do que aquelas que caracterizam o estilo moderno, a praticidade está lado a lado com um bom design.

Este estilo combina com noivas mais antenadas à moda e que acompanham as últimas tendências. A cada ano o estilo é naturalmente atualizado e pode ser acompanhado através das feiras e eventos do setor.

Chic/ Casual

Estilo ultra confortável e muito a vontade, pode despertar memórias da casa da avó, bem no sentido de “receber em casa”, desing que valoriza a funcionalidade, com elevados padrões de conforto.

Em um ambiente Chic Casual tudo está agradável, nõ faltam sofás, cadeiras e poltronas, muita das quais cobertas com capas floridas ou estampadas. A mobília raramente combina, mas o seu aspecto rústico e pintado com cores claras, acaba por ser encantador. As cores utilizadas são na maioria pastel, suaves e delicados, para juntar com peças Vintage e surpreendentes.

Rústico

Este estilo é Ideal para espaços mais despojados e em contato com a natureza, como sítios ou praia, a decoração rústica é marcada por elementos mais simples, que remetem à vida bucólica do campo.

A mobília é rústica, com madeira, sendo que as marcas do tempo, são parte essencial de todo o charme deste ambiente.

Cores mais fortes, como o verde, amarelo e laranja, podem contrastar com os tons de bege, marrom, ocre e terra, produzindo espaços aconchegantes e alegres.

Elementos como cestos de vime, palha, cachepôs de madeira, cipós, trançados, centros de mesa de xaxim com flores campestres, detalhes em bambu, cerâmica, latas decorativas e ainda muitas peças feitas a mão ajudam a caracterizar este estilo.

Estilo Industrial

É tendência e pode ser descolado e elegante ao mesmo tempo.

O estilo industrial/ urbano nasceu com os lofts de Nova York, onde espaços enormes, em áreas industriais e comerciais, começaram a serem convertidos em residências e, em muitos casos, sem esconder as características de galpões que tinham.

 

Manter as estruturas à mostra, o concreto, metal e os tijolos é uma característica muito forte deste estilo.

 

Utilizamos de móveis de couro, reciclados, madeira de demolição e bastante ferro a aço. Objetos únicos e diferentes que não tem mais uma funcionalidade podem ser usados como destaques, como escadas antigas por exemplo. Grafite também é bem vindo.

 

As cores neutras e mais escuras são as principais escolhas, para cores de destaque, as mais comuns são vermelhos e laranjas em tons mais apagados - menos vibrantes. No entanto também podemos usar cores variadas como destaque.

 

Estilo BOHO (Boêmio)

 

estilo Boêmio, também conhecido como boho e hippie chic, é um estilo que tem a ver com uma vida simples, confortável e também tem muito a ver com a natureza, verde, plantas e sustentabilidade.

Priorizamos um ambiente com texturas, cores e ar super agradável.
Aproveitamos também o étnico que também é uma característica deste estilo.


 

Retrô / Vintage

Retrô e vintage são dois conceitos parecidos que podem se encontrar na decoração do casamento, formando um novo conceito. Objetos antigos originais (vintage), como os “móveis da vovó” e fotos da família, compõem os ambientes junto com elementos estilizados com pátina, cores envelhecidas e craquelês (retrô). Tudo remete a um saudosismo romântico e elegante dos filmes clássicos dos anos 1940 e 50.

Temático ou Personalizado

Na decoração temática o limite é a criatividade! O casal escolhe um tema de acordo com seus gostos, hobbies, profissão ou sonho. Pode ser um filme, um livro, um conto de fadas, um cenário ou estilo, um evento, e por aí vai! Você pode aplicar a personalização em apenas alguns elementos da decoração ou fazer um casamento totalmente temático.

Clean, Minimalista

A clássica regra “menos é mais” nunca sai da moda e é ideal para noivas mais discretas, que gostam de encontrar a elegância na simplicidade. Mas não confunda decoração minimalista com “pobre”. No estilo clean, tudo tem um objetivo, uma função. Os elementos são harmonizados sem exageros. Destaque para o branco e os tons pasteis.

No mobiliário e acessórios, formas básicas e ângulos retos são característicos. Cores mais fortes podem ser usadas em alguns detalhes, apenas para definir um foco.

Romântico

A noiva sonhadora e delicada, que sempre sonhou com um casamento de princesa, pode transmitir seu estilo para a decoração do casamento e contagiar a todos com seu romantismo.

O estilo romântico é uma variante mais “sentimental” do clássico e pode ser aplicado de forma discreta ou mais marcante. Corações, cupidos, velas, rosas e flores do campo são de lei! Os tons de rosa podem contrastar com o branco para quebrar a monotonia e suavizar os ambientes.

High-low

Da mesma maneira que estilos como o vintage, retrô ou color blocking, o High-low surgiu nas passarelas e depois ganhou espaços em projetos de arquitetura e design de interiores. Nada mais é do que uma mistura de estilos, onde o equilíbrio é a chave para o bom resultado. 

As peças “high” são aquelas com alto valor agregado, ou seja, produtos feito por artistas, designers ou arquitetos que são famosos e assinam suas obras de arte.
Em contrapartida, as peças “low” são aquelas mais básicas, que completam o ambiente, mas que nem sempre chama a atenção, no entanto quando são colocadas no mesmo ambiente dão um grande charme e personalidade.
Porém, criar um equilíbrio harmônico entre as peças “high” e “low” é o segredo para o sucesso deste estilo. Tudo parte do princípio que até mesmo as peças mais caras, podem ficar bem e conviver com itens do nosso cotidiano e nem assim tão caras. O novo e o antigo podem estar em um mesmo ambiente sem problemas. 

Este estilo só mostra que qualquer peça pode conviver em harmonia com outra, mas para isso é necessário o acompanhamento de perto do decorador, pois errar nessa hora é muito fácil também. Tudo tem um ponto certo que deve ser usado, e encontrá-lo é uma tarefa que exige experiência. 

Finalizar a composição de um espaço, utilizando peças novas, antigas, ou até mesmo personalizadas pode criar um ambiente super bacana e agradável a qualquer tipo de gosto.